Como ficar bêbado sem beber

Nem sempre é necessário beber para sofrer com os efeitos do álcool. Conheça métodos não saudáveis de obter o mesmo resultado.

Para muitos, o álcool é um dos maiores inimigos do homem. Para outros, a história acontece justamente ao contrário. Mas será que é possível ficar bêbado sem ter engolido uma gota de álcool? A resposta é “sim”. É claro que isso não dispensa a absorção do produto pelo corpo humano, mas evita que o processo envolva a ingestão.
Como nós já dissemos no título do artigo, são vários modos “pouco espertos” de realizar o processo. Nenhum deles é recomendado para você. Além de deixar a pessoa alcoolizada, também existem grandes chances de ocorrerem lesões graves à saúde – e até a morte em alguns casos. Ressaltamos: esta matéria deve ser encarada como um “cinco coisas para não fazer em casa”.

1. Beber pelo nariz

A mucosa nasal é uma das mais sensíveis do corpo humano. Permitir que uma bebida com álcool passe por ela é um verdadeiro castigo para qualquer pessoa. Logo, utilizar um canudo para beber vodka não é o que podemos chamar de “esperteza”. Além de ficar alcoolizada, a pessoa que fizer isso também terá ressecamento e sangramentos no nariz.

2. Inalação

Alguns anos atrás a Europa viu chegar ao mercado do AWOL (Alcohol Without Liquid, ou Álcool sem Líquido). O produto transformava bebidas alcoólicas em vapor, quer era levado até o organismo por meio de um inalador. Dessa forma, o álcool chegava muito mais rápido até a corrente sanguínea, potencializando o processo. O aparelho foi banido em boa parte da Europa.
 (Fonte da imagem: Reprodução/AWOL)

3. Absorção sublingual

Apesar de a grande parte das pessoas imaginar que é preciso ingerir a bebida para que o álcool seja absorvido, a verdade é bem diferente. Há relatos de que existem novos produtos que são colocados na boca para liberar álcool aos poucos. Mas como ressaltou o Gizmodo, isso não é o que podemos chamar de “eficiente”. É preciso ficar muito tempo com o produto na boca e, dependendo da bebida, a “queimação” do álcool pode ser bem grande.

4. “Beber” pelo olho

De todos os métodos mostrados aqui, este pode ser considerado o menos esperto. Há várias pessoas que colocam garrafas em seus globos oculares e esperam que isso facilite a absorção do álcool. A verdade é que as quantidades de álcool conseguidas dessa forma são muito reduzidas e há grandes chances de as lesões que o processo pode causar aos olhos serem permanentes.

5. Injetar álcool

Nada recomendado e muito perigoso, o último método da nossa lista pode ocasionar lesões e rompimentos de veias e artérias, hemorragia interna, infecção generalizada e morte. Começamos com os efeitos colaterais para mostrar que a prática de injetar álcool diretamente no sangue não é nada saudável – e ainda menos esperta.
…..
Ingerir álcool além da conta nunca é uma prática recomendada, mas como ficou claro neste artigo, se você quiser fazê-lo é bom utilizar o método tradicional – e ter atingido a maioridade legal, é claro.
Fontes: Gizmodo e Science 2.0


About these ads

Publicado em 8 de julho de 2012, em bebendo, bebida, bebidas alcoolicas, Ficando bêbado sem beber. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 923 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: